top of page

20 itens encontrados para ""

  • Planejamento Financeiro na Reforma: Como Evitar Surpresas Desagradáveis para Donos de Restaurantes

    Realizar uma reforma em seu restaurante pode ser um passo emocionante para melhorar a experiência dos clientes e manter a competitividade no mercado. No entanto, sem um planejamento financeiro adequado, essa jornada pode se transformar em uma fonte de surpresas desagradáveis. Aqui estão algumas dicas práticas e acessíveis para garantir que a reforma do seu estabelecimento seja um sucesso sem comprometer suas finanças: 1. Estabeleça um Orçamento Realista: Antes de iniciar qualquer obra, é crucial definir um orçamento realista. Considere todos os custos envolvidos, desde materiais de construção até mão de obra e decoração. Adicione uma margem de segurança de pelo menos 10% para lidar com imprevistos. 2. Pesquise Fornecedores e Negocie Preços: Faça uma pesquisa detalhada para encontrar fornecedores confiáveis e negocie preços competitivos. Lembre-se de que economizar em materiais de qualidade pode resultar em problemas futuros, por isso, busque o equilíbrio entre qualidade e preço acessível. 3. Planeje o Cronograma de Obra: Estabeleça um cronograma realista para a reforma, levando em consideração o tempo necessário para cada fase do projeto. Um planejamento bem estruturado ajuda a evitar atrasos que poderiam impactar diretamente nas operações do restaurante. 4. Considere Opções de Financiamento: Se o orçamento inicial parecer desafiador, explore opções de financiamento, como empréstimos para pequenas empresas. Certifique-se de entender as taxas de juros e os termos antes de tomar qualquer decisão. 5. Mantenha uma Reserva de Emergência: Imprevistos são quase inevitáveis em projetos de reforma. Mantenha uma reserva de emergência para lidar com surpresas, como problemas estruturais inesperados ou ajustes necessários durante o processo. 6. Consulte Profissionais Especializados: Conte com a expertise de arquitetos e engenheiros para garantir que todas as alterações estejam de acordo com as regulamentações locais. Isso não apenas evita problemas legais, mas também assegura a segurança estrutural do seu restaurante. 7. Comunique-se com a Equipe e Clientes: Durante a reforma, mantenha uma comunicação transparente com sua equipe e clientes. Informe sobre as mudanças temporárias no cardápio, horário de funcionamento e eventuais fechamentos. Isso ajuda a manter a lealdade dos clientes e minimiza impactos nas operações. 8. Avalie Oportunidades de Marketing: Aproveite a reforma como uma oportunidade de marketing. Compartilhe atualizações nas redes sociais, mostre o progresso e crie expectativa entre os clientes. Isso pode gerar interesse adicional e aumentar a clientela após a reabertura. Uma reforma bem-sucedida exige não apenas visão estética, mas também um planejamento financeiro sólido. Ao seguir estas dicas práticas, os donos de restaurantes podem evitar surpresas desagradáveis, garantindo que o processo de renovação seja tão gratificante quanto o resultado final. Lembre-se, o sucesso está nos detalhes, e um planejamento cuidadoso é a chave para transformar sua visão em realidade.

  • Você Sabe o que é Identidade Arquitetônica?

    A Identidade Arquitetônica é um conceito que transcende a mera construção de estruturas físicas. Ela representa a expressão visual que traduz a essência, valores e propósito de uma marca ou organização. Quando aplicada a espaços comerciais, essa abordagem vai muito além de simplesmente erguer paredes e dispor móveis. Ela busca criar ambientes únicos e memoráveis, capazes de contar a história da marca e cativar seus visitantes. Imagem : #goup_burgermatch , nesta imagem vemos a reprodução das cores da marca no ambiente, não apenas criando um espaço acolhedor mas também fortalecendo a identidade da marca no subconsciente do visitante! Em um mundo saturado de estímulos visuais, a Identidade Arquitetônica torna-se uma ferramenta poderosa para diferenciar e destacar uma marca no mercado. Ela é capaz de transmitir a personalidade da empresa, fortalecer sua identidade visual e estabelecer uma conexão emocional com o público-alvo. Cada linha, forma e material escolhido desempenham um papel crucial na construção dessa narrativa arquitetônica. Imagem : #goup_casadabel ao criar espaços comerciais, não estão apenas preocupados com a funcionalidade e estética, mas também com a mensagem que o ambiente transmite. A disposição dos elementos, a escolha de cores, a iluminação e a seleção de materiais são cuidadosamente planejadas para refletir a identidade da marca. O objetivo é proporcionar uma experiência sensorial única que deixe uma impressão duradoura na mente dos clientes. Além disso, a Identidade Arquitetônica contribui para a construção de uma imagem consistente da marca ao longo do tempo. Ao manter elementos arquitetônicos coesos em diferentes locais, a marca reforça sua identidade e facilita o reconhecimento por parte do público. Isso não apenas cria uma sensação de familiaridade, mas também estabelece uma base sólida para a fidelização do cliente. Através dela, os espaços não são apenas construções físicas, mas manifestações visuais e tangíveis dos valores e missão da empresa. Ao investir nesse aspecto, as marcas têm a oportunidade de criar ambientes que não apenas atendem às necessidades práticas, mas também contam uma história envolvente e autêntica. Esses espaços tornam-se não apenas locais de transações comerciais, mas experiências que deixam uma marca indelével na mente dos consumidores.

  • PINTURAS CRIATIVAS COM BAIXO CUSTO DE IMPLANTAÇÃO

    Por: Isadora Lopes - Go Up Arquitetura As pinturas das paredes e tetos, com todas as suas opções de cores e técnicas influenciam muito na aparência do espaço. Elas podem proporcionar um enorme impacto visual com um baixo custo. Porém, mais do que usar as atuais tendências do design de interiores para um maior impacto visual, é necessário pensar em estratégias que as relacionem melhor com outros elementos visuais do ambiente como seu mobiliário, sua iluminação, dimensão, e principalmente seus visitantes, de uma forma criativa e que chame a atenção. Assim, trouxemos aqui algumas ideias de pinturas criativas para o seu ambiente, divididas em categorias e que podem transformá-lo completamente! 1. A pintura e a setorização: Uma boa ideia para estabelecimentos comerciais é utilizar a pintura para setorizar seus espaços, ou seja, delimitar exatamente em quais áreas ocorrem determinadas atividades. No nosso projeto de retrofit do restaurante a seguir, utilizamos vermelho para delimitar a área do caixa e dos banheiros, deixando clara a leitura do espaço e fazendo com que os clientes possam encontrá-la rapidamente. Para esses “pontos focais” a escolha da cor pode se dar pela sensação que se almeja transmitir, como o vermelho que, segundo a psicologia das cores, transmite a velocidade - elemento ideal para o caixa de um restaurante - ou até mesmo pela mesma cor escolhida para identidade da marca como foi o caso neste, em que desenvolvemos posteriormente. Projeto: GoUp_Anetto 2. A pintura e a forma: Não é apenas de abstrações que se vivem os grandes projetos arquitetônicos. Às vezes quando o sentido literal de um elemento é utilizado no projeto, tendo sua forma bem delimitada e de fácil leitura, uma enorme atenção é dada a ele. Relacionar a pintura com formas e figuras é algo que exige criatividade, mas quando essa é alcançada, resultados incríveis aparecem. Para exemplificar isso, temos a seguir três exemplos de nossos projetos. No primeiro a pintura geométrica se relaciona com a forma de casinha do berço, delimitando e trazendo à tona a visão para o quarto da criança, tornando o ambiente ainda mais lúdico. Projeto: GoUp_Incontro133 O segundo deixa nítido o quanto a pintura geométrica em amarelo simula a luz e o acesso vindo da entrada desse restaurante, chamando muita atenção e criando um certo "convite" à entrada. Projeto: GoUp_BurgerMatch Por fim, o último exemplo é a própria forma, a utilização da tinta lousa permite que qualquer desenho possa ser feito na parede e mudado a qualquer instante. Projeto: GoUp_BurgerMatch 3. A pintura e a iluminação: É interessante ficar atento no quanto uma simples iluminação pode dar vida a pintura e trazer significados a ela. No nosso projeto de restaurante utilizamos no teto apenas uma pintura lisa preta, porém a inserção de luzinhas de Natal mudou completamente o espaço, criando um céu “estrelado” e tornando-o lúdico e memorável para seu usuário com esse simples recurso de baixo custo. O mesmo ocorre no dormitório a seguir, onde utilizamos a luz das luminárias pendentes para trazer impacto visual na pintura “Universo Paralelo” da Suvinil. Projeto: GoUp_BurgerMatch Projeto: GoUp_Pauliceia 4. A pintura e a dimensão Quando o obstáculo a ser enfrentado é a dimensão do ambiente, as opções de pintura resolvem isso facilmente. No primeiro exemplo, o uso da faixa de cor unindo o teto e o final do corredor, proporciona profundidade a esse, criando a sensação de sua amplitude. Já no segundo exemplo, a pintura bicolor cria uma faixa horizontal em todo o ambiente, fazendo-o parecer mais largo. São diversas as formas de mudar visualmente as dimensões dos espaços apenas com tinta! Projeto: GoUp_Scenarium Projeto: GoUp_Alcance 111 5. A pintura e os móveis Combinar a pintura com os móveis do ambiente é uma ideia que sem dúvidas proporciona bons resultados visuais, pois o integra completamente e facilita a sua leitura. Nesse sentido, a determinação de uma paleta de cores é importante, visto que, assim, o gosto pessoal do cliente é expresso em todos espaço em que ele irá conviver grande parte de seu dia! Na pauta “Você sabe escolher a paleta de cores ideal para o seu lar?” disponível em nosso blog, você pode entender melhor como montar uma paleta de cores. Projeto: GoUp_Vivace Projeto: GoUp_Incontro 133 Gostaram do conteúdo? Conta mais pra gente o que quer saber por aqui!

  • Burger Match - da Escolha do Ponto de Venda ao Retrofit Completo

    Valor Investimento na Reforma: ~R$1.300,00/m² Tempo Investido na Reforma: ~60 dias trabalhados Quando os sócios iniciaram o projeto, tinham em mente um conceito Fast Casual, onde não há serviço de mesa, mas há ambientação focada na experiencia do cliente. Auxiliamos o cliente na avaliação do ponto comercial e iniciamos o processo de criação a partir da identidade de marca, traduzindo esta para elementos de arquitetura marcantes, únicos e personalizados. Inserimos também o conceito de interatividade no ambiente. Com grande imersão do público alvo nas redes sociais o espaço além de garantir uma experiência agradável, torna se parte cenário da vida de cada visitante, aumentando a divulgação espontânea e orgânica do estabelecimento. Absolutamente tudo foi projetado e personalizado por nós, das luminárias de corda aos corrimãos em OSB, passando por toda caixilharia e serralheria, pisos, painéis artísticos. O edifício com mais de 60 anos precisou de um intenso Retrofit para que todas as infraestruturas existentes fossem adequadas aos novos usos, todo o processo teve sua execução em 60 dias. Para viabilizar o projeto focamos em soluções criativas e de baixo custo com alta eficiência, aumentando assim a relação investimento x lucro do espaço. Situação do Imóvel antes do Retrofit Ficha Técnica do Projeto e Obra Burger Match Valor Investimento na Reforma: ~R$ 1.300,00/m² Tempo Investido na Reforma: 60 dias trabalhados Segmento/ Atuação : Hamburgueria Fast Casual Projeto: Go Up Arquitetura|Amanda Mori (Arquiteta e Urbanista) Juliana Cristina da Silva (Arquiteta e Urbanista) Gerenciamento de Retrofit: Go Up Arquitetura Principais Fornecedores: Nicom, Santil Elétrica, Leroy Merlin, Telhanorte, Casa Mimosa, C&C, Sergon, Dimel (material básico), MC Tintas, Bela Tintas (tintas), Gail cerâmica (revestimentos), Embramaco (revestimentos), Dalle Piage Ladrilhos Hidraúlicos (ladrilhos hidráulicos), Ibratin (textura cimento queimado), Tintas Suvinil (tintas) , Brilia LED (luminárias), OK. Oficina Kovacsik (luminária corda, letreiro match, puxadores), Rivatti Móveis (mobiliário) , Bru Paschoarelli (painel artístico), Chácara Continental (Paisagismo), Grupo Nova (Comunicação Visual), Tok Stok (mobiliário), Deca (metais) Fani (metais), RK Vidros (serralheria,caixilhos e vidros), Magna Móveis (marcenaria) Super Portas (Porta de Aço Automática) Elvi (cozinha industrial) Ar Natural (coifa)

  • Você sabe escolher a paleta de cores ideal para o seu lar?

    Escolher a cor ideal para seu lar não é tão simples ou fácil quanto pode parecer, são tantas opções! Todo mundo tem uma cor preferida, mas como combinar de forma harmoniosa dentro do seu próprio estilo e do estilo que você definiu para o seu lar ? No nosso escritório nós utilizamos um sistema para definir a paleta de cada cliente individual , e vamos dividi-lo com vocês ! Para começar vamos entender um pouco mais de cores ... Nesta imagem abaixo vemos o círculo cromático, de forma bem simples ele apresenta todas as cores e variações , no centro a cor branca que une a todas as cores. Quando visualizamos o círculo, automaticamente nossos olhos buscam um lado do círculo , por que é importante ? por que o lado do círculo vai revelar se você gosta mais de cores quentes ou cores frias ... quer descobrir ? Olhe na Imagem Abaixo ! Se você não consegue escolher uma cor favorita , procure começar eliminando as cores que você não gosta , se você por exemplo não gostar de vermelho , laranja e amarelo , provavelmente você gosta mais de cores frias e vice-versa... É importante definir isso para saber qual o tipo ideal de combinação de cor , vamos la ? Cores Análogas : Se você gosta mais de um tipo especifico de cor , digo ou só gosta de cores quentes , ou só gosta de cores frias , esta é forma ideal de escolha de cores , basicamente você escolhe uma cor e combina com as cores mais próximas , que estão em cada lateral. Essa opção é ideal se você tem uma idéia bem definida da cor que quer utilizar. Por exemplo se escolhi o laranja vou trabalhar com as cores Amarelo Laranja e Vermelho Laranja. Cores Complementares : Mas se você gosta tanto de cores frias , quanto de cores quentes o ideal é trabalhar com cores opostas , ou cores que se complementam.  Essa combinação é ideal para quem busca equilíbrio visual. Por exemplo se escolhi o laranja vou trabalhar com o azul. Agora Vamos aos neutros: A gente sabe que não dá pra pintar uma casa inteira de vermelho, por isso para finalizar a composição sempre trabalhamos com neutros , mas mesmo com os neutros há inúmeras variações .. Para simplificar elaboramos 2 nuances: Aqui você precisa escolher se gosta mais de dos tons de cinza ou dos tons marrons , e se gosta mais dos claros ou dos escuros. Dessa forma você consegue misturar os neutros com as combinações de cores análogas e complementares , quer ver alguns exemplos ? Espero que tenham gostado ! Até a próxima ! Acompanhe mais idéias de paletas pelo nosso Instagram @gouparquitetura

  • 10 tipos de paginação para usar com subway tile

    Mais famosos a cada temporada, os subway tiles ou azulejos de metrô são revestimentos inspirados nos metrôs de Londres e Paris. De fácil aplicação, e de fácil combinação na hora de ambientar. Com a popularidade crescendo, há no mercado hoje muitas opções de marcas e cores. Em relação às pastilhas enquanto estas são aplicadas em placas, os subway tiles são assentados um a um, possibilitando uma paginação mais livre ao design. Por isso separamos 10 formas de paginação para usar com subway tile, e ao final destes alguns exemplos de aplicação.

  • 40 FOOD TRUCKs PARA SE INSPIRAR - UM GUIA VISUAL SEM LIMITES!

    Em sequencia ao nosso especial sobre FoodTruck , resolvemos fazer um guia visual cheio de inspirações ... São referências e inspirações incríveis , todas com algum diferencial, vamos lá ? São 40 Food Trucks Incríveis ! E Aí? Gostaram? Veja mais do nosso especial de Food Truck no nosso Instagram @goup_paranegocios!

  • BREVE HISTÓRIA DO FOOD TRUCK

    O Food Truck tornou-se um meio interessante de levar boa comida ao consumidor com um custo operacional mais baixo. Um modelo de negócio que leva gastronomia de qualidade a um preço mais acessível, e também dá mobilidade a produtos que antes não teriam vazão ou mercado se ficassem restritos a um único endereço. Virou moda a partir de 2013 no Brasil, principalmente em São Paulo, mas o modelo como conhecemos hoje veio dos EUA a partir de 2008. A ideia de comida sob rodas porém não surgiu ali... em 1800 já havia nos EUA carroças vendendo tortas, sanduíches baratos para trabalhadores dos subúrbios e áreas mais pobre. Após a segunda guerra mundial a comida de rua ganhou mais força com caminhões de alumínio brilhante que vendiam refeições em lugares onde os restaurantes eram escassos. Nessa época, os Food Trucks eram sinônimo de comida barata, sem muita preocupação com a qualidade. E foi mais ou menos assim durante todo o século 20. Até que veio a crise de 2008, que derrubou a economia americana e levou junto muitos restaurantes tradicionais. Quando os EUA começaram a se recuperar, alguns empreendedores tiveram a ideia de levar comida de qualidade pra rua investindo pouco. Outra vantagem dos carrinhos e trailers era a possibilidade de mudar de lugar de acordo com a demanda da população. Pronto, estava aí a solução. Essa coisa meio amadora, dos carrinhos de comida, foi incorporada ao conceito e os donos de Food Truck resolveram incrementar o cardápio, com itens gourmet. A moda chegou ao Brasil em 2012, quando os primeiros food trucks gourmet surgiram em São Paulo. Agora, os parques de Food Truck já fazem parte do roteiro turístico das grandes cidades brasileiras e da paisagem urbana. Acesse nosso instagram @goup_paranegocios e fique por dentro do nosso especial sobre Food Trucks Fontes: http://infood.com.br/um-pouco-da-historia-do-negocio-do-food-truck/ http://www.hypeness.com.br/2013/10/os-10-trailers-de-comida-mais-legais-do-mundo/ http://sidlee.com/en/work/Muvbox/Pop_up_dining https://www.momondo.com.br/inspiracao/food-trucks-sao-paulo/ http://superchefs.com.br/historia-dos-food-trucks/

  • A ILUMINAÇÃO DA SUA LOJA ESTÁ ADEQUADA?

    Iluminação é um item que muitas vezes passa desapercebida, e não deveria! Pois é capaz de alterar os sentidos, sensações, hormônios, humor e muitos outros aspectos do comportamento humano .... Tem grande Importância no estabelecimento comercial por que quando falamos de comportamento humano estamos também falando sobre o comportamento do consumidor, vejamos alguns exemplos: NUM CASSINO, é fácil confundir minutos com horas, isso se deve ao ambiente extremamente estimulante com uma inacreditável quantidade de cores e sons, aqui a iluminação muitas vezes é desapercebida, embora seja muito pensada para não gerar áreas de sombras e manter a constante estimulação visual do ambiente... NO INTERIOR DE UMA LOJA, com foco em produto é preciso explorar as sombras, só assim é possível destacar e valorizar o produto ou objeto de venda (através luz focada em contraste com as sombras) O destaque do produto através da luz inclusive agrega valor ao mesmo.... EM GRANDES CENTROS, de consumo e populares, o foco é iluminação eficiente, geral, bem distribuída e com tecnologia que ajuda a gerenciar os gastos com energia e manutenção, ações que podem significar grandes diferenças no balanço final do mês... EM SHOPPINGS OU GALERIAS, é sempre preciso levar em consideração a relação da quantidade de luz da área comum (corredores e ruas do shopping) versus a quantidade interna, para não gerar impacto e desconforto visual quando há grande diferença entre um e outro. Se a diferença for para uma maior quantidade de luz pode gerar ofuscamento, desconforto visual e dor de cabeça, se for para menos pode gerar sensação de enclausuramento, depressão e fadiga. EM RESTAURANTES a luz deve ambientar, de forma indireta e controlada é possível criar sensações de relaxamento e induzir o cliente a ter momentos de distração e prazer (dar aquela sensação de oásis). Mas sempre lembrando que há também áreas técnicas, de manipulação de comida, ou produtos que exijam um alto grau de eficiência, nestes é necessário um estudo que siga as normas vigentes de ABNT e demais órgãos que se façam necessários. Como também é necessário nas áreas de permanência e trabalho (escritório/corporativas) VITRINE ATIVA é preciso também atenção no caso de lojas que tenham vitrine para a rua, já que a diferença de luz externa pode gerar sombra ou efeito espelho e prejudicar a exposição dos produtos. Por essas e outras razões o estudo da iluminação é tão importante para o resultado final do espaço comercial. Ela pode ajudar ou prejudicar o conceito e exposição da loja. Impulsionar as vendas quando bem pensada, mas pode também afastar o consumidor quando mal planejada! Há um dito popular na arquitetura que diz: “ Não existe arquitetura ruim com uma boa iluminação, mas uma iluminação ruim acaba com toda boa arquitetura”! QUER SABER MAIS? Fale conosco!

  • COMO RECONHECER O SEU PÚBLICO ALVO

    Identificar o público alvo do seu negócio é o primeiro importante passo para obter sucesso nas vendas e reconhecimento do seu negócio por seus clientes, sendo que, através dele, partirá o direcionamento dos seus produtos, comunicação do seu estabelecimento, atendimento e serviço prestado. Dentre as etapas de planejamento e estratégia do negócio, este exercício também será essencial para o direcionamento do planejamento de marketing, otimizando recursos financeiros. Quer saber se você domina o perfil do seu público alvo? Faça o teste abaixo perguntando a si mesmo as seguintes questões: 1. Qual a idade do meu consumidor? 2. Qual a renda? 3. Qual o estilo de vida dele? 4. Onde, mora, trabalha? Com essas perguntas básicas, dentre outras, você irá chegar ao tipo de consumidor para sua empresa e assim direcionar seus esforços para o marketing, produtos e serviços. Numa próxima etapa, é necessário direcionar os produtos e serviços para o público que você identificou e assim atraí-lo para seu ponto comercial. Importante ressaltar que entender o público alvo é apenas uma parte para a definição do mesmo. No caso, entender a demanda do mercado, especialmente quando falamos em negócios locais, é essencial para que exista a sinergia entre o público esperado x demanda e por consequência, melhoria nas vendas e sucesso do negócio. Assim como as perguntas relacionadas ao público alvo, deve-se fazer o mesmo relacionado a localização: 1. Onde fica meu estabelecimento? 2. Qual o perfil de pessoas que transitam a região ou local? 3. Qual o perfil socioeconômico da região? 4. As pessoas sabem onde estou localizado?Como me acham? Agora que você tem as respostas e já sabe mais sobre o seu público e local, que tal pensar na definição do seu posicionamento? Esse também é um ótimo momento para cadastrar o visitante e criar um banco de futuros clientes e utilizá-lo para aprimorar ainda mais o entendimento sobre os seus clientes. Quer saber mais? Fale conosco

  • VAMOS FALAR SOBRE ESTAMPAS?

    Cada vez mais as estampas famosas e consagradas pela moda estão invadindo nossa casa. São aplicações que vão desde estampas de almofada, passando por estofamentos, papéis de parede, cortinas e até porcelanatos, mas você já pensou onde elas surgiram e porque são tão utilizadas? Neste artigo vamos descobrir que algumas delas eram apenas mais um tipo de tecelagem até se tornarem icônicas graças a estilistas. Vamos lá? Pied de Poule Um dos preferidos nos nossos projetos é o xadrez tipo "pé de galinha", já que a imagem criada pelo entrelaçamento dos fios de urdume são semelhantes aos pés de uma ave, foi muito usado pela aristocracia britânica dos séculos 19 e 20. Porém, a padronagem foi eternizada no mundo da moda graças à francesa Coco Chanel, que a usou em seus ternos femininos de tweed, revolucionando o vestuário dos anos 1920. Tendência forte ainda que seja sempre utilizada, por ser coringa na decoração, é muito usada em cadeiras , almofadas , papéis de parede , quadros e muito mais. Chevron Zig Zag Missoni Esta é uma estampa que invadiu com tudo no último ano. Os papéis de parede são presentes em 80% dos projetos de quartos para crianças e bebês. Mas a aplicação do esquema de espinha de peixe pode ser feita também com diversos revestimentos com resultados surpreendentes e também está muito presentes em estampas de almofadas e decorações em geral. A estampa geométrica, que surgiu pela primeira vez na coleção de Inverno 1967 da marca missoni, foi criada a partir do experimento de Ottavio e Rosita Missoni, que usaram máquinas de tecelagem para criar formas triangulares multicoloridas. A padronagem foi tida, na época, como uma obra de arte e se tornou ícone da grife italiana. Há 3 tipos de Chevron que estão sendo muito utilizados , o zig zag em duas cores e alternante , o super cromático ( com várias cores e espessura \ o famoso missoni) e o zig zag com 3 ou quatro cores que é tendência forte também. Xadrez Burberry O tartan era parte da cultura do Reino Unido por representar clãs escoceses, mas a padronagem em bege, branco, preto e vermelho foi criada e patenteada pela marca em 1924. Ela aparecia, principalmente, no forro dos famosos casacos da Burberry, principalmente no trench coat. Porém, com o tempo, a estampa virou identidade da grife e ganhou espaço em cachecóis, guarda-chuvas e outros acessórios. Essa é uma estampa para quem busca sofisticação e exclusividade, pois não é muito conhecida pelo grande público. Porém sua utilização em vários elementos da decoração aponta forte tendência. Pucci As multicoloridas padronagens geométricas ou em forma de "amebas" foram criadas nos anos 50 pelo italiano Emilio Pucci, o Príncipe das Estampas. Elas são verdadeiras obras de arte, uma vez que a sua iconografia ficou tão característica da marca que é impossível copiar ou confundir. Há muitos produtos em parceria com a marca. Uma das aplicações preferidas são nas multicoloridas cadeiras da Kartell. Vichy O quadriculado tipo "toalha de piquenique" foi batizada em referência à cidade francesa de Vichy, conhecida pelos tecidos xadrezes. A estampa ficou muito popular no fim dos anos 50, quando Brigitte Bardot usou um vestido com a padronagem . É uma estampa que ficou associada a um romantismo e delicadeza por isso é muito usada em “casas de boneca”, “quartos de princesa” , mas vem aparecendo totalmente repaginada em aplicações mais modernas , sobretudo em projetos com pegada industrial. Quer saber mais? Fale conosco!

  • A IDENTIDADE VISUAL E SUA REPRESENTATIVIDADE NUM NEGÓCIO

    Qual é a primeira questão que vem na cabeça das pessoas quando falamos de Identidade Visual? Placas e letreiros, dispositivos móveis, adesivos e outros itens no geral,  feitos e dispostos de uma forma que chame atenção do público para um estabelecimento, correto? Na verdade, quando trabalhamos a identidade visual de uma forma mais assertiva, especialmente dentro da Arquitetura Conceito do espaço, aprofundamos e elevamos a outro nível este pensamento da maioria das pessoas. O projeto arquitetônico e conceitual, aliado a criação de uma identidade visual no local, tende a trazer ainda mais qualidade para o ambiente comercial projetado, gerando um fortalecimento do posicionamento do negócio em questão. O conceito e a arquitetura, por si próprios, já carregam inúmeras vantagens em relação ao melhor aproveitamento de espaços e criação de ambientes mais funcionais dentro de uma empresa. Quando aliamos este trabalho com a preocupação do posicionamento de mercado, temos o efeito e trabalho chamado de identidade visual. A primeira preocupação é em relação ao público alvo, sendo que cada tipo de estabelecimento deverá ter de forma muito clara qual o seu posicionamento perante ao mercado e aos concorrentes. É muito importante que o cliente final, aquele que irá frequentar um determinado local, sinta-se completamente à vontade e as escolhas arquitetônicas, sensoriais, luminotécnicas entre outras, influenciará diretamente nesse sentido. Um exemplo disso, num estabelecimento corporativo, onde o público alvo busca seriedade e confiança, cores e revestimentos mais escuros são bem utilizados, quando aplicados de forma adequada. No caso de um estabelecimento comercial com produtos mais ousados e público jovem, as cores e os revestimentos escolhidos devem chamar atenção para que a experiência no local, seja o mais agradável e coerente possível. Com esta definição esclarecida, a identidade visual de um estabelecimento bem executada, é fundamental para fazer com que os clientes lembrem e reconheçam a marca por simples detalhes, que foram cuidadosamente escolhidos para representá-la. Quer saber mais? Fale conosco!

Fundo de 10000403 Removido.png
bottom of page